Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript!

11/02/2024

Humble Pie - Discografia.

Embora em 1968 Steve Marriott e Peter Frampton já tivessem adquirido uma certa fama (Marriott no Small Faces e Framptom no Herd), ambos estavam descontentes com as respectivas bandas, pois seu sucesso era decorrente de fazerem uma linha tipo “teenage pop stars”, o Small Faces graças à estratégia de atuação de Andrew Oldham (manager dos Rolling Stones) e o Herd principalmente devido à pouca idade e o apelo visual de Frampton (na época um garotão com apenas 16 anos – obviamente os empresários não iriam deixar passar batido). Resolvem então formar uma banda mais ligada à rock’n’roll.
 

Então na noite de ano novo de 68/69 enquanto Steve estava fazendo sua última apresentação como membro do Small Faces (que com sua saída se tornaria apenas Faces), Peter se encontra com Jerry Shirley, hábil baterista de estúdio e membro de uma banda chamada “Wages Of Sin”, que costumava tocar nos “pubs” ingleses, e papo vai papo vêm, resolve convidá-lo para se juntar à ele e Marriott na nova banda que estavam pensando em formar. Jerry se interessa, e no final do show se encontram nos bastidores. 

Faltava um baixista, então Jerry pergunta se pode convidar seu amigo Greg Ridley, na época tocando junto com o Spooky Tooth, que também estava nos bastidores. Com o sinal verde de Marriott e Frampton, estava formado o Humble Pie, com Marriott e Frampton se revezando nos vocais e guitarras, Shirley nas baquetas e Ridley no baixo. 

Passam então a ensaiar e em abril de 1969 lançam seu álbum de estreia pelo selo “Immediate” de propriedade de Andrew Oldham. Inicialmente a banda é marcada por uma grande indefinição a nível musical, fazendo country rock americanizado neste e no segundo disco, lançado no fim do mesmo ano. 

Aliado à isto o pouco entrosamento entre os membros tornam seus shows desta época bastante confusos, parecendo um pastiche de Crosby Stills Nash & Young. Isto gera a primeira crise, pois embora fizessem um som bastante competente (a nível de country rock) sofrem uma pressão muito grande por parte de Oldham, que queria um “hit radiofônico”. Após “quebrarem o pau” e dispensarem Oldham, mudam de gravadora (vão para a A&M Records) e resolvem aderir ao blues hard rock, com isto lançando dois ótimos discos: “Humble Pie” em 1970 e “Rock On” em 1971. Em 1972 sai o impecável “Perfomance – Rockin the Fillmore” retratando uma apresentação memorável da banda em 1970. 

O sucesso finalmente chega, as vendas disparam e junto vêm o reconhecimento da crítica na época (chegaram a dizer que o Humble Pie era a melhor banda ao vivo surgida desde o fim do Jimi Hendrix Experience!). 

Porém o sucesso acaba subindo à cabeça de Frampton, que resolve partir em carreira solo em 1972. Acaba entrando em seu lugar Dave “Clem” Clempson, vindo do Colosseum, e que havia sido membro fundador do Bakerloo, que embora fosse um excepcional guitarrista não possuía o mesmo carisma de Peter. 

A saída de Frampton deixou os vocais totalmente à cargo de Marriott, além de tê-lo transformado praticamente em líder da banda. Então em 1972 sai mais um disco de estúdio, “Smokin”. Embora seja considerado o mais coeso álbum de estúdio da banda, já apontava uma tendência característica das bandas inglesas da época: a influência do “soul”. 

Em 1973 sai um álbum duplo, consistindo de três lados ao vivo e um de estúdio. Pouco depois Marriott resolve aderir de vez ao soul, mais precisamente à música gospel, e contrata três backing-vocals para a turnê da banda: Venetta Fields, Clydie King e Billie Barnum. A banda se afasta cada vez mais do hardrock, perdendo seus antigos fãs mais radicais (alguns chegaram a dizer que Steve deveria ter seguido a carreira de televangelista!), porém ao mesmo tempo conquistavam novos fãs com sua fusão de rock com gospel. Isto sem contar que os vocais de Marriott estavam no auge. Em 1996 saiu pelo selo “King Biscuit” um registro ao vivo desta época. 

Em 1974 mais um álbum de estúdio (Thunderbox). Logo em seguida Clempson deixa a banda para tocar com Dave Greenslade. 

A banda dura até 1975, lançando ainda mais um álbum (Street Rats) desta vez tendo feita as pazes com Andrew Oldham. Porém estava tudo realmente acabado. De acordo com Shirley “nós temos interesses diferentes uns dos outros. Alguns de nós queremos ficar na Inglaterra, outros querem ir para os Estados Unidos. Foi o melhor que tínhamos a fazer. Uma decisão mútua”. Marriott porém parecia abalado pelo fim da banda: “Eu sinceramente não tenho ideia do porquê da nossa separação. Pergunte ao nosso empresário, eu realmente não sei” disse à jornalistas ingleses em 1975. 

Marriott chega a lançar um álbum solo em 1977 com Ridley no baixo, e tenta sem sucesso um retorno do Small Faces em 1978. Shirley segue tocando no Natural Gas e no Magnet, ambas bandas que não chegam a gravar. Clempson seguia tocando com a Jack Bruce Band. E Frampton seguia em sua carreira solo tendo conseguido bastante sucesso, principalmente com “Frampton Comes Alive” de 1976. 

Marriott e Shirley ainda tentam mais uma vez erguer o Humble Pie em 1980, desta vez com Bob Tench (ex-vocalista do Jeff Beck Group) e Anthony Jones no baixo. Lançam mais dois discos de estúdio e tocam em diversos festivais, mas sem maiores repercussões. A banda então encerra definitivamente suas atividades em 1982. 

Frampton continua até hoje na ativa, recentemente lançou um cd (Frampton Comes Alive II) tentando obter o mesmo sucesso de 1976. Ridley se retirou do meio musical. Shirley é hoje disc-jockey numa rádio de “classic rock” em Cleveland, e ocasionalmente toca numa banda chamada também de “Humble Pie”. Clempson se tornou um respeitado músico de estúdio, tendo tocando com uma infinidade de bandas e artistas. 

Marriott porém não teve a mesma sorte. Na década de 80 andou tocando blues em pequenos clubes num trio chamado “Three In a Packet”. Aliado à isto se afundou no álcool e nas drogas, acabando por falecer em 1991 de uma forma totalmente estúpida: após uma noitada regada à muito uísque, Marriott foi se deitar e resolveu acender um cigarro, porém acabou dormindo e deixou o cigarro aceso, que acabou caindo na cama e incendiando toda a casa. Marriott morreu carbonizado. Triste fim para um dos grandes vocalistas que tivemos na história do Rock! 

Integrantes (Wikipédia).



Bitrate: 192Kbps.
 
Álbuns.

As Safe As Yesterday Is (1969)
01. Desperation
02. Stick Shift
03. Buttermilk Boy
04. Growing Closer
05. As Safe as Yesterday Is
06. Bang!
07. Alabama '69
08. I'll Go Alone
09. A Nifty Little Number Like You
10. What You Will
Bonus Tracks.
11. Natural Born Bugie (Single A-side)
12. Wrist Job (Single B-side)


Town And Country (1969)
01. Take Me Back
02. The Sad Bag of Shaky Jake
03. The Light of Love
04. Cold Lady
05. Down Home Again
06. Ollie Ollie
07. Every Mother's Son
08. Heartbeat
09. Only You Can See
10. Silver Tongue
11. Home and Away
Bonus Tracks.
12. 79th Street Blues
13. Greg's Song
 


Humble Pie (1970)
01. Live With Me
02. Only a Roach
03. One Eyed Trouser Snake Rumba
04. Earth and Water Song
05. I'm Ready
06. Theme from Skint (See You Later Liquidator)
07. Red Light Mama, Red Hot!
08. Sucking on the Sweet Vine


Performance Rockin’ The Fillmore (1971)
01. Four Day Creep
02. I'm Ready
03. Stone Cold Fever
04. I Walk on Gilded Splinters
05. Rollin' Stone
06. Hallelujah I Love Her So
07. I Don't Need No Doctor


Rock On (1971)
01. Shine On
02. Sour Grain
03. 79th and Sunset
04. Stone Cold Fever
05. Rollin' Stone
06. A Song for Jenny
07. The Light
08. Big George
09. Strange Days 
10. Red Neck Jump


Smokin' (1972)
01. Hot 'n' Nasty
02. The Fixer
03. You're So Good for Me
04. C'mon Everybody
05. Old Time Feelin'
06. 30 Days in the Hole
07. (I'm A) Road Runner" B) "Road Runner's 'G' Jam
08. I Wonder
09. Sweet Peace and Time


Eat It (1973)
01. Get Down to It
02. Good Booze and Bad Women
03. Is It for Love?
04. Drugstore Cowboy
05. Black Coffee
06. I Believe to My Soul
07. Shut up and Don't Interrupt Me
08. That's How Strong My Love Is
09. Say No More
10. Oh, Bella (All That's Hers)
11. Summer Song
12. Beckton Dumps
13. Up Our Sleeve
14. Honky Tonk Women
15. (I'm A) Road Runner


Thunderbox (1974)
01. Thunderbox
02. Groovin' with Jesus
03. I Can't Stand the Rain
04. Anna (Go to Him)
05. No Way
06. Rally with Ali
07. Don't Worry, be Happy
08. Ninety-Nine Pounds
09. Every Single Day
10. No Money Down
11. Drift Away
12. Oh La-De-Da


Street Rats (1975)
01. Street Rat
02. Rock and Roll Music
03. We Can Work It Out
04. Scored Out
05. Road Hog
06. Rain
07. There ‘Tis
08. Let Me Be Your Lovemaker
09. Countryman Stomp
10. Drive My Car
11. Queens and Nuns


On To Victory (1980)
01. Fool for a Pretty Face
02. You Soppy Pratt
03. Infatuation
04. Take It From Here
05. Savin’ It
06. Baby Don’t You Do It
07. Get It in the End
08. My Lover’s Prayer
09. Further Down the Road
10. Over You


Go For The Throat (1981)
01. All Shook Up
02. Teenage Anxiety
03. Tin Soldier
04. Keep It on the Island
05. Driver
06. Restless Blood
07. Go For the Throat
08. Lottie and the Charcoal Queen
09. Chip Away (The Stone)
 


In Concert 1973 (1996)
01. Up Your Sleeves
02. 4 Day Creep
03. C'mon Everybody
04. Honky Tonk Woman
05. Stone Cold Fever
06. Blues I Believe To My Soul
07. 30 Days In The Hole
08. Road Runner
09. Hallelujah, I Love Her So
10. I Don't Need No Doctor
11. Hot 'N' Nasty

Link.

Natural Born Bugie: The Immediate Anthology (2000)
CD 1.

01. Natural Born Bugie
02. Wrist Job
03. Desperation
04. Stick Shift
05. Butter Milk Boy
06. Growing Closer
07. As Safe As Yesterday Is
08. Bang?
09. Alabama '69
10. I'll Go Alone
11. A Nifty Little Number Like You
12. What You Will
13. Take Me Back
14. The Sad Bag Of Shaky Jake
15. The Light Of Love
16. Cold Lady
17. Down Home Again
18. Ollie Ollie

CD 2.

01. Every Mother's Son
02. Heartbeat
03. Only You Can See
04. Silver Tongue
05. Home And Away
06. I'll Drown In My Own Tears
07. 79th Street Blues
08. Greg's Song (Backing Track)
09. Hello Grass (No Regrets)
10. Road To Ride
11. BTMG's (Instrumental)
12. Zeptoe Through The Tulips (Instrumental)
13. Leave No Turn Unstoned (Alias Just A Riff) (Instrumental)
14. Every Mother's Son (Alias Jesse Hardin) (Alternative Mix)
15. The Sad Bag Of Shaky Jake (Demo)
16. For Your Love (Studio Jam)


Natural Born Boogie: BBC Sessions 1969-73 (2000)
01. Natural Born Boogie
02. Sad Bag Of Shakey Jake
03. Heartbeat
04. Desperation
05. The Big Black Dog
06. Rolling Stone
07. 4 Day Creep
08. The Light
09. Black Coffee
10. I Don't Need No Doctor


Live At The Whisky A Go Go '69 (2001)
01. For Your Love
02. Shakin' All Over
03. Hallelujah I Love Her So
04. The Sad Bag Of Shakey Jake
05. I Walk On Gilded Splinters


Back On Track (2002)
01. Dignified
02. Real Thing
03. Trouble
04. Ain't No Big Thing
05. Stay One More Night
06. Still Got a Story to Tell
07. All I Ever Needed
08. This Time
09. Flat Busted
10. Between Old Teddy and Your Mum


The Definitive Collection (2006)
01. Natural Born Woman
02. The Sad Bag Of Shaky Jake
03. Big Black Dog
04. Live With Me
05. I'm Ready
06. Shine On
07. Stone Cold Fever"
08. Rollin' Stone
09. Four Day Creep (Live)
10. I Don't Need No Doctor (Live)
11. Hot 'n' Nasty
12. C'mon Everybody
13. 30 Days In The Hole
14. Black Coffee
15. I Believe To My Soul
16. Ninety-Nine Pounds
17. Road Hog


Performance Rockin' The Fillmore, The Complete Recordings (2013)
CD 1: 05/28/71 Friday, First Show.

01. Four Day Creep
02. I'm Ready
03. I Walk On Gilded Splinters
04. Hallelujah (I Love Her So)
05. I Don't Need No Doctor
 

CD 2: 05/28/71 Friday, Second Show.

01. Four Day Creep
02. I'm Ready
03. I Walk On Gilded Splinters
04. Hallelujah (I Love Her So)
05. Rollin' Stone
06. I Don't Need No Doctor

CD 3: 05/29/71 Saturday, First Show.

01. Four Day Creep
02. I'm Ready
03. I Walk On Gilded Splinters
04. Hallelujah (I Love Her So)
05. Stone Cold Fever

CD 4: 05/29/71 Saturday, Second Show.

01. Four Day Creep
02. I'm Ready
03. I Walk On Gilded Splinters
04. Hallelujah (I Love Her So)
05. Rollin' Stone
06. I Don't Need No Doctor

 

 
Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: alex.classicrock@yahoo.com.br

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário