Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript!

13/08/2023

Gábor Szabó - Collection.

Gábor Szabó. A história do imigrante húngaro que revolucionou a guitarra no jazz e influenciou músicos como Carlos Santana.

Gábor István Szabó nasceu em Budapeste em 8 de março de 1936 e aprendeu tocar violão praticamente sozinho, ouvindo toda noite a rádio norte americana Voice of America, financiada pelo governo dos EUA após a 2a Guerra Mundial como uma forma de combater a propaganda soviética. Sob a batuta do lendário DJ Willis Conover a rádio transmitia os melhores sons: Chet Baker, Gerry Mulligan, Tal Farlow, entre outros inúmeros artistas, o que fez com que Gábor achasse que nos EUA todo mundo tivesse sua própria banda de jazz. Aos 20 anos foge da Hungria com a família e se instalam na Califórnia, mais tarde ele vai aprimorar sua técnica na renomada escola de música de Berklee, em Boston.

Sua carreira musical começa mesmo quando, em 1961, passa a integrar o quinteto liderado pelo imenso baterista Chico Hamilton e que contava também com Charles Lloyd na formação. Foi ao lado de Hamilton que Szabó começou abraçar seu estilo único, saindo do papel de músico de fundo para o de destaque, dá pra sentir bem isso no álbum El Chico, lançado em 1965, pela gravadora Impulse!.

Os álbuns solo vieram a partir de 1966, Dreams (1968), um dos mais cultuados, lançado pela Skye, gravadora que Gábor fundou ao lado do vibrafonista Cal Tjader e do multi instrumentista Gary McFarland, com quem Szabó também teve um grupo. A lindíssima capa de Dreams traz uma ilustração do inglês John Austen intitulada “Visão“, dando um ótima ideia do som que você vai encontrar nas faixas desse disco que transita entre o rock psicodélico, uma quase bossa nova em Lady in the Moon, a música tradicional húngara e também uma forte influência do jazz clássico e de câmara. Tudo magistralmente misturado resultando em um som lindo, diferente e tornando esse disco uma experiência auditiva inigualável. O músico foi muito influenciado pelo rock, onde viu a possibilidade de produzir um jazz mais comercial, mas não menos elaborado, sempre combinado ao dedilhado típico do húngaro que parece ter cinco dedos em cada dedo.

A música que nos traz a este texto e que está na série anteriormente citada é Somewhere I Belong, presente no disco 1969, lançado pela gravadora Skye, onde também há uma versão maravilhosa de Dear Prudence (recomendo muito) dos Beatles. Gábor também gravou Rocky Racoon na linda voz de Lena Horne para o álbum Lena & Gábor (1970, Skye), na minha opinião uma das melhores versões de Beatles. Além disso, uma versão incrível de Stormy, música composta por Buddy Buie e James Cobb, que ficou mais conhecida com a roupagem pop da época na voz de Dennis Yost e pode ser encontrada no disco Classics IV.

Outro disco que gosto muito é o não menos cultuado Spellbinder (1966, Impulse!), o primeiro da carreira solo do artista e que traz os gigantes músicos Ron Carter no baixo, Chico Hamilton na bateria e os percussionistas Willie Bobo e Victor Pantoja. O dedilhado “folk” de Szabó não era nada comum no jazz na época e foi exatamente isso que o tornou tão único. A improvisação da banda é contagiante. Parece que no estúdio, alguém deu play e os músicos apenas se divertiram. Na faixa título, por mais de um minuto Hamilton, Bobo e Pantoja estabelecem o ritmo e a partir desse ponto Szabó e Carter finalmente se juntam. Fascinante. O álbum traz também Bang, Bang My Baby Shot Me Down, composta por Sonny Bono, a canção que ficou famosa na voz de Nancy Sinatra, principalmente depois de fazer parte da trilha sonora de Kill Bill .Em Spellbinder a música é interpretada pelo próprio Szabó, única canção com vocal.

O músico influenciou inúmeros artistas, entre eles Carlos Santana, que em suas palavras “até ouvir Szabó não sabia que havia outras possibilidades com o violão”. A faixa Gypsy Queen, presente em Spellbinder, foi uma grande influência no hit Black Magic Woman, gravada por Santana e composta por Peter Green (Fleetwood Mac).

Spellbinder é uma obra prima. Dreams é uma obra prima. Não fui capaz de escolher e falar de um só. Ouça e seja transportado para uma viagem psicotrópica dos deliciosos anos 60, no impecável dedilhado de Szabó. Texto: Adriana Arakake (Music Non Stop).



Bitrate: 192Kbps.
 
Álbuns.

Gabor Szabo With Gary McFarland & Co.. - Gypsy '66 (1965)
01. Yesterday
02. The Last One to Be Loved
03. The Echo of Love
04. Gypsy '66
05. Flea Market
06. Walk on By
07. If I Fell
08. Gypsy Jam
09. I'm All Smiles

Opção 1.

Opção 2.

Gary McFarland & Gabor Szabo - Simpático (1966)
01. The Word
02. Nature Boy
03. Norwegian Wood
04. Hey, Here's a Heart
05. Cool Water
06. Ups and Downs
07. Yamaha Mama
08. You Will Pay
09. Spring Song
10. She's a Cruiser
11. Simpatico

Opção 1.

Opção 2.

Spellbinder (1966)
01. Spellbinder
02. Witchcraft
03. It Was a Very Good Year
04. Gypsy Queen
05. Bang Bang
06. Cheetah
07. My Foolish Heart
08. Yearning
09. Autumn Leaves

Opção 1.

Opção 2.

Jazz Raga (1966)
01. Walking on Nails
02. Mizrab
03. Search for Nirvana
04. Krishna
05. Raga Doll
06. Comin' Back
07. Paint It Black
08. Sophisticated Wheels
09. Ravi
10. Caravan
11. Summertime

Opção 1.

Opção 2.

The Sorcerer (1967)
01. The Beat Goes On
02. Little Boat (O Barquinho)
03. Lou-ise
04. What Is This Thing Called Love?
05. Space
06. Stronger Than Us
07. Mizrab
08. Comin' Back

Opção 1.

Opção 2.

Gabor Szabo And The California Dreamers  - Wind, Sky And Diamonds (1967)
01. San Franciscan Nights
02. A Day in the Life
03. Twelve-Thirty
04. To Sir with Love
05. White Rabbit
06. Guantanamera
07. Saigon Bride
08. The End of Life
09. Lucy in the Sky with Diamonds
10. Are You There?
11. W.C. Fields

Opção 1.

Opção 2.

Bob Thiele And His New Happy Times Orchestra / Gabor Szabo With The California Dreamers And Tom Scott & Bill Plummer - Light My Fire (1967)
01. Forest Flower
02. Rainy Day Woman #12 & 35
03. Krishna
04. Light My Fire
05. Fakin' It
06. Eight Miles High
07. Sophisticated Wheels

Opção 1.

Opção 2.

More Sorcery (1967)
01. Los Matadoros
02. People
03. Corcovado
04. Lucy in the Sky with Diamonds
05. Spellbinder
06. Comin' Back

Opção 1.

Opção 2.

Bacchanal (1968)
01. Three King Fishers
02. Love Is Blue
03. Theme from Valley of the Dolls
04. Bacchanal
05. Sunshine Superman
06. Some Velvet Morning
07. The Look of Love
08. Divided City

Opção 1.

Opção 2.

Dreams (1968)
01. Galatea's Guitar
02. Half the Day Is Night
03. Song of Injured Love
04. The Fortune Teller
05. Fire Dance
06. The Lady in the Moon
07. Ferris Wheel

Opção 1.

Opção 2.

Gabor Szabo (1969)
01. Dear Prudence
02. Sealed with a Kiss
03. Both Sides Now
04. Walk Away Renee
05. You Won't See Me
06. Michael from Mountains
07. Stormy
08. In My Life
09. I've Just Seen a Face
10. Until It's Time for You to Go
11. Somewhere I Belong

Opção 1.

Opção 2.

Lena Horne & Gabor Szabo  - Lena & Gabor (1969)
01. Rocky Raccoon
02. Something
03. Everybody's Talkin'
04. In My Life
05. Yesterday When I Was Young
06. Watch What Happens
07. My Mood Is You
08. Message to Michael
09. Nightwind
10. The Fool on the Hill

Opção 1.

Opção 2.

Magical Connection (1970)
01. Sombrero Sam
02. Close To You
03. Country Illusion
04. Lady With Child
05. Pretty Girl Why
06. Hum A Song (From Your Heart)
07. Magical Connection
08. Fred And Betty
09. Love Theme From Spartacus

Opção 1.

Opção 2.

High Contrast (1971)
01. Breezin'
02. Amazon
03. Fingers
04. Azure Blue
05. Just a Little Communication
06. If You Don't Want My Love
07. I Remember When

Opção 1.

Opção 2.

Mizrab (1972)
01. Mizrab
02. Thirteen
03. It's Going to Take Some Time
04. Concerto #2
05. Summer Breeze

Opção 1.

Opção 2.

Small World (1972)
01. People
02. My Kind Of People
03. Lilac Glen
04. Mizrab
05. Impressions Of My Country
06. Foothill Patrol
07. Another Dream
08. Concerto De Aranjuez

Opção 1.


Opção 2.

Rambler (1973)
01. Rambler
02. It's So Hard to Say Goodbye
03. New Love
04. Reinhardt
05. Help Me Build a Lifetime
06. All Is Well

Opção 1.

Opção 2.

Gabor Szabo Featuring Spellbinder  - Live With Charles Lloyd (1974)
01. Spellbinder
02. Sombrero Sam
03. Stormy
04. People

Opção 1.

Opção 2.

Macho (1975)
01. Hungarian Rhapsody #2
02. Time
03. Transylvania Boogie
04. Ziggidy Zag
05. Macho
06. Poetry Man

Opção 1.

Opção 2.

Nightflight (1976)
01. Concorde (Nightflight)
02. Funny Face
03. Baby Rattle Snake
04. Theme For Gabor
05. Keep Smilin'
06. Every Minute Counts
07. Smooth Sailin'

Opção 1.

Opção 2.

Gabor Szabo Featuring Chick Corea - Femme Fatale (1981)
01.Femme Fatale
02.Zingaro
03.Serena
04.A Thousand Times
05.Out Of The Night

Opção 1.

Opção 2.

In Stockholm, 1972 & 1978 (2001)
CD 1: Small World 1972.

01. People - My Kind of People
02. Lilac Glen
03. Mizrab
04. Impression of My Country - Foothill Patrol
05. Another Dream
06. Concerto de Aranjuez

CD 2: Belsta River 1978.

01. 24 Carat
02. Django
03. First Tune In the Morning
04. Stormy

Opção 1.

Opção 2.


In Budapest Again (2018)
Tracks 1-7 Recorded Live In January1978, Hotel Hilton, Budapest.
01. Concorde (Nightflight)
02. Magic Mystic Faces
03. Django (Part 1)
04. Django (Part 2)
05. Killing Me Softly
06. The Last Song
07. The Biz
Track 8 Recorded In August 1981, Studio Of Hungarian Television.
08. From A Dream

Opção 1.

Opção 2.
    
Live In Cleveland, 1976 (2022)
01. It Happens
02. Autumn Leaves
03. Magical Connection
04. Concorde (Nightflight)

Opção 1.

Opção 2.
 
 
Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: alex.classicrock@yahoo.com.br

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário